Ginecomastia

2 de dezembro de 2013 as 03:22

A ginecomastia é uma cirurgia que aumenta os tecidos glandular e do estroma mamário em homens, podendo ou não ser acompanhados de tecido adiposos proeminente (lipodistrofia).

 

Existem muitas causas que levam o sexo masculino a procurar a cirurgia. Durante a fase de nascimento, os meninos apresentam um aumento das mamas por alguns dias, isso é devido ao estímulo de hormônios placentários e maternos. Mas tudo regride após alguns dias.

 

Mas, na puberdade e adolescência, por um provável desequilíbrio dos hormônios pituitários, adrenais e testiculares, ocorre a ginecomastia, que regride, na maioria dos casos, em 24 meses e antes dos 21 anos de idade.

 

A perseverança de ginecomastia após estas fases se dá a várias causas, que precisam ser pesquisadas. As principais são:

 

• Fisiológicas: recém-nascido, puberdade, envelhecimento;

 

• Patológicas: vários tipos de neoplasias e síndromes hormonais;

 

• Medicamentos e drogas: uso corriqueiro de vários medicamentos que causam ginecomastia e de algumas drogas, como a maconha, a heroína e outras.

 

• Outras causas: trauma mamário.

 

Frequentemente não é possível denominar a causa, e então identificamos como idiopática.

 

Técnica Cirúrgica

 

Para sua segurança, a técnica de abordagem cirúrgica será discutida previamente com você. Desta forma, o cirurgião pode empregar, no ato operatório, o procedimento que melhor se enquadra ao seu caso especificamente, variando com táticas que se fizerem necessárias.

Basicamente, a técnica mais comum no tratamento tanto da lipodistrofia quanto da parte glandular é a lipoaspiração na área mamária e a seguir através de uma incisão periareolar inferior, promovendo a ressecção de parte do tecido glandular. A cirurgia pode durar cerca de 60 e 120 minutos.

 

Anestesia

 

Nossa clínica utiliza a anestesia peridural alta com sedação, que é aplicada pelo nosso anestesiologista de ampla experiência com a técnica. Durante o período que o paciente estiver na clínica, é monitorado pelo anestesista, o que é de suma importância para a realização de nossas cirurgias.

 

Internação

 

Em mais da metade dos casos os pacientes recebem alta no mesmo dia, após um período de observação mínimo de oito horas, após a cirurgia.

Veja também!