Saiba mais sobre a cirurgia de abdominoplastia

22 de maio de 2018 as 20:41

abdominoplastiaA cirurgia de abdominoplastia é uma cirurgia relativamente comum, utilizada nos casos onde se procura um abdômen mais firme e liso, após emagrecimento rápido com consequente evidência de excesso de pele e tecido adiposo abdominal. Esta situação acontece muitas vezes após o parto ou após cirurgia de emagrecimento. A cirurgia envolve um grande número de etapas.

 

Esclareceremos algumas dúvidas nesse artigo. Acompanhe!

 

Contraindicação

Alguns pacientes não devem ser submetidos à abdominoplastia, como:

 

  • mulheres que desejam ter gestações novamente;
  • pessoas que desejam perder uma grande quantidade de peso após a cirurgia;
  • pacientes que são incapazes de lidar com as cicatrizes pós-cirúrgicas;
  • pacientes que tiveram cirurgia abdominal prévia.

Técnica Cirúrgica

A abdominoplastia parte de uma incisão na prega inguinal, buscando o máximo possível a cobertura da cicatriz no biquíni, existindo também a cicatriz no umbigo. Normalmente, a cirurgia é feita entre 120 e 180 minutos.

Anestesia

Geralmente a anestesia utilizada é a peridural alta com sedação. Somente em casos excepcionais é utilizada a anestesia local ou geral. Durante o período que o paciente estiver na clínica, ele será monitorado pelo anestesista, o que é de suma importância para a realização da cirurgia.

Internação

Em miniabdominoplastias, mais da metade dos casos os pacientes recebem alta no mesmo dia, após um período de observação mínimo de oito horas, após a cirurgia.

Em outros procedimentos, o paciente recebe a alta na manhã do dia seguinte. Em casos excepcionais, em 48 horas.

Cuidados posteriores

Andar o mais cedo possível após o procedimento é recomendado para melhorar o tempo de recuperação e prevenir coágulos sanguíneos nas pernas.

 

Exercícios leves que não causem dor ao local da cirurgia são recomendados para melhorar o tônus ​​muscular e diminuir o inchaço.

 

O paciente não deve tomar banho até que os drenos sejam removidos do local cirúrgico. Banhos de esponja são permitidos.

 

Os drenos cirúrgicos serão removidos dentro de uma semana após a abdominoplastia, e os pontos de uma a duas semanas após a cirurgia. Inchaço, hematomas e dor na região abdominal são esperados e podem durar de duas a seis semanas.

 

A recuperação será mais rápida, no entanto, no paciente que está em boa saúde com músculos abdominais relativamente fortes. As incisões permanecerão em vermelho ou rosa durante vários meses, mas começarão a desaparecer em nove meses a um ano após o procedimento. Devido à sua localização, as cicatrizes devem ser facilmente escondidas sob a roupa, incluindo roupas de banho.

 

Riscos

Há uma série de complicações que podem surgir durante ou após a abdominoplastia. Os riscos inerentes ao uso de anestesia geral incluem náuseas, vômitos, dor de garganta, fadiga, dor de cabeça e dor muscular;

 

Os riscos associados ao procedimento incluem:

 

  • sangramento;
  • infecção da ferida;
  • cicatrização de feridas atrasada;
  • hematoma (coleção de sangue em um tecido);
  • coágulos de sangue;
  • entre outros.

Resultados

Na maioria dos casos, a abdominoplastia é bem sucedida. Uma série de fatores influenciará a duração dos resultados ideais da cirurgia, incluindo idade, elasticidade da pele e condicionamento físico. No entanto, bons resultados serão duradouros se o paciente continuar com boa saúde, manter um peso estável e se exercitar regularmente.

Veja também!

cirurgia plastica