Rejuvenescimento facial: o segredo do fim das rugas sem cirurgia

28 de novembro de 2018 as 14:57

Rejuvenescimento-facialAlgumas das mudanças mais estimulantes no campo da medicina têm sido na área da cirurgia estética.

Novas técnicas estão em constante evolução para acompanhar a demanda cada vez maior de pacientes que querem ter a melhor aparência, embora pareçam naturais e saudáveis.

Uma das tendências mais interessantes na cirurgia estética é a introdução de procedimentos não cirúrgicos. Com esses procedimentos, os pacientes que buscam melhorar sua beleza podem fazê-lo de maneira rápida e indolor, sem o tempo de recuperação.

Alguns dos procedimentos não cirúrgicos mais populares envolvem o rejuvenescimento facial. Falaremos abaixo sobre os 3 principais procedimentos cosméticos faciais não invasivos. Vamos acompanhar juntos?

1. Botox

O primeiro e mais popular procedimento não cirúrgico é o Botox. O Botox é uma forma cosmética da toxina botulínica que reduzirá ou eliminará temporariamente linhas no rosto, incluindo linhas de expressão, rugas na testa e pés de galinha.

Injeções de Botox temporariamente paralisam os músculos associados com rugas. Ao tirar a tensão desses músculos, o rosto acaba parecendo mais suave, mais jovem e mais revigorado.

Embora essas injeções sejam rápidas e fáceis, elas ainda devem ser realizadas sob os cuidados de um cirurgião plástico certificado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Se não forem administrados por alguém devidamente treinado, as injeções de Botox podem resultar em pálpebras caídas, dor facial e fraqueza muscular – sem mencionar um olhar não natural que os pacientes querem evitar.

 

2. Preenchimentos dérmicos

O segundo procedimento não cirúrgico mais popular é o preenchimento dérmico.

Como parte do processo de envelhecimento, diminui o colágeno na pele, causando rugas e uma perda de volume e plenitude na face.

A perda de colágeno ocorre mais comumente nos olhos, boca, bochechas, mandíbula, testa e nariz.

A injeção de preenchimentos de tecido mole na pele pode temporariamente engordar essas áreas, permitindo lábios mais cheios, dobras faciais mais suaves ao redor das bochechas / boca, e até mesmo melhorar a aparência das cicatrizes faciais recebidas por lesão ou acne grave.

Como com Botox, preenchimentos faciais devem ser injetados por um cirurgião plástico certificado para garantir os resultados mais seguros e melhores possíveis.

3. Peeling químico

A pele suave e uniforme com que todos nós nascemos pode levar uma surra à medida que envelhecemos.

A exposição ao sol, acne e os fatores relacionados ao estilo de vida, como a ingestão excessiva de álcool ou o fumo, podem fazer com que a pele pareça irregular e manchada.

Um peeling químico pode ajudar a suavizar a textura da pele do rosto, pois consiste em uma solução química que faz com que a pele morta se solte e, eventualmente, descasque. A pele regenerada é geralmente mais lisa e menos enrugada do que a pele velha.

Cada etapa do processo de rejuvenescimento facial tem suas particularidades, técnicas, materiais e indicações adequadas. Por esse motivo, na avaliação do paciente deve levar em consideração todas as suas necessidades.

Se após ler esse artigo você ainda está pensando em qual procedimento facial escolher? Então ligue agora para a nossa clínica (31) 3291-0108, marque uma consulta e esclareça todas as suas dúvidas com os nossos profissionais.

Veja também!