Orientações sobre Cirurgia Plástica

13 de dezembro de 2018 as 12:02

´cirurgia-plasticaSatisfação é o que todo paciente busca ao realizar um procedimento cirúrgico. Nem sempre isso acontece. Por que? Vamos tentar enumerar algumas possibilidades e maneiras de evitar:

 

1- Expectativas acima do possível
A cirurgia plástica tem limites. Nem tudo é possível, por tanto, quando tiver desejo de realizar uma cirurgia plástica procure um cirurgião experiente, com consciência, que te oriente sobre os “prós e contras” do procedimento pretendido. É na consulta que o cirurgião poderá dizer o que é possível. Evite o cirurgião rápido, que não esclareça suas dúvidas e que fique indicando cirurgias que você nem pensava sobre. Evite cirurgiões que não cobrem consulta. Lembre-se que a consulta é o inicio do processo e se o inicio começar errado a chance de insatisfação aumenta. A consulta bem feita é importantíssima e deve ser valorizada. Se o profissional não valoriza isso, cuidado!!

 

2- Uma Evolução adversa
Eventualmente uma cirurgia bem executada pode evoluir de forma adversa, diferente daquilo que esperávamos. O nosso organismo não é uma ciência exata, por tanto, podemos ter situações em que a cirurgia foi feita com primor mas o resultado não correspondeu e isso pode ocorrer por vários motivos: qualidade da pele, cicatrização ruim, fibroses, retrações cicatriciais, infecção, detalhes da anatomia do paciente, etc.

 

3- Indicação equivocada
Indicação cirúrgica é o procedimento cirúrgico adequado para o “problema” que o paciente tem. Ou seja, não adianta fazer uma lipoaspiração em um abdome que tenha flacidez de pele, no caso seria a abdominoplastia. Não adianta colocar uma prótese em uma mama com flacidez; a mama vai aumentar e continuar com flacidez por que prótese não corrige flacidez. O cirurgião deve ter experiência suficiente para indicar bem a cirurgia adequada ou mesmo não indicar cirurgia se esse for o caso.

 

4- Erro profissional
Mesmo com boas intenções um cirurgião pode cometer algum erro de avaliação ou de execução, em consequência teremos um resultado insatisfatório. Esse resultado poderá ser corrigido ou não dependendo de cada caso. Diminua essa chance procurando um cirurgião experiente.

 

5- Cirurgias muito baratas
Um procedimento cirúrgico não é barato. É um ato complexo e sério, que envolve vários profissionais além de uma estrutura física adequada. Para uma cirurgia ser bem executada devemos ter uma equipe composta por Cirurgião chefe, Cirurgião auxiliar, auxiliar de cirurgia, instrumentadora cirúrgica, Anestesista, Enfermeira, circulante de sala, material cirúrgico adequado, bons fios de sutura, cola cirúrgica, bons curativos, sala de cirurgia completamente equipada. Então dá para concluir que, cirurgias com preços muito baixos, alguma coisa esta sendo negligenciado e a chance de piores resultados e riscos, aumentam. Se, no momento que estiver decidida á realizar uma cirurgia, não tiver condições financeira para fazê-la em condições adequadas, adie um pouco mas não abra mão de qualidade.

 

6- Várias cirurgias no dia
O ser humano cansa e o cirurgião é humano. Profissionais que executam várias cirurgias ao dia aumentam a chance de resultados piores. É uma boa conduta evitar cirurgia no final do dia ou a noite. Imagine ser operado no final de um dia intenso. Basta pensar!!

 

7- Negligenciar as orientações
O paciente sempre recebe (ou deveria receber) muitas orientações sobre os cuidados no pós operatório. Ele deve seguir essas orientações com rigor e não faltar aos retornos agendados. A falha nesse seguimento pode acarretar prejuízo no resultado e insatisfações.

 

Com essas reflexões chegamos a conclusão de que a cirurgia plástica deve ser encarada com muita seriedade, não é algo simples, tem riscos e que, para aumentar as chances de satisfação, devemos ter certeza do que queremos, estar bem de saúde e escolher um profissional bem formado, com muita experiência e operar em local adequado.

 

Veja também!

cirurgia plastica