O que fazer se seu filho adolescente quer cirurgia plástica

17 de janeiro de 2014 as 12:35

Adolescente - Cirurgia PlásticaSua filha adolescente está infeliz com seus seios e lhe pediu para colocar um par de próteses? Ou seu filho não consegue conviver com o formado se seu nariz? Enquanto todo adolescente pode ser melodramático, às vezes a cirurgia plástica é a decisão mais correta. Algumas considerações, como motivação, mentalidade, maturidade e consciência vão ajudar você e seu filho adolescente a tomar a decisão correta sobre a cirurgia plástica.

 

A cirurgia plástica é segura para adolescentes?

Os riscos da cirurgia plástica na adolescência não são altos a ponto de tornar o procedimento inseguro. Os riscos referem-se ao fato de ser fundamental, como um menor de idade, o adolescente compreender os efeitos de curto e de longo prazo no procedimento que ele ou ela está buscando.  Mas, para a sua tranquilidade, o cirurgião plástico pede que sua filha ou filho passe por um exame físico para determinar se ele é um candidato seguro para a cirurgia.

 

Existem considerações especiais para a cirurgia plástica em adolescentes versus cirurgia plástica em adulto?

Tal como acontece com pacientes adultos, os pacientes adolescentes devem ser tratados com respeito quando se considera a cirurgia plástica. Se há de fato uma motivação razoável a respeito de porque o seu filho ou filha quer uma cirurgia plástica, o cirurgião plástico pode ajudar a decidir se o procedimento é necessário e, em caso afirmativo, em que idade isso deve ocorrer.

 

Como você deve proceder se o adolescente quer cirurgia plástica?

Se você é o pai ou mãe de um adolescente que quer a cirurgia plástica, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica afirma que os resultados mais gratificantes surgem quando as seguintes questões são consideradas.

  • Motivação: Qual é a motivação de seu filho? O desejo de se submeter à cirurgia plástica deve vir dele, e não de você, de seus colegas ou do namorado ou namorada do jovem. O adolescente deve estar totalmente comprometido com a mudança.
  • Mentalidade: Qual é a mentalidade de seu filho adolescente sobre a cirurgia plástica? Seu filho ou filha deve ter expectativas realistas sobre os benefícios da cirurgia plástica. Se ele ou ela está esperando mudanças de vida radicais, como uma mudança no status de popularidade ou a atenção de uma pessoa em especial, o adolescente pode se decepcionar, mesmo que o resultado cirúrgico seja ideal.
  • Maturidade: Seu filho deve estar fisicamente maduro o suficiente para ter a operação. As partes do corpo amadurecem em ritmos diferentes. Os ossos nasais, por exemplo, não estão totalmente formados entre os 15 e 16 anos, assim, uma rinoplastia antes desse tempo seria inapropriada. Os seios amadurecem até os 18 anos. A menos que haja uma assimetria mamária congênita, o aumento do seio não deve ser feito antes dessa idade.
  • Mente consciente: O adolescente deve estar ciente de como é a cirurgia plástica. As incisões podem ser dolorosas e recuperação leva um pouco de tempo. O adolescente deve ser capaz de entender o próprio processo, os riscos, os benefícios e a recuperação.

 

A cirurgia plástica realizada em um adolescente que tem a apropriada motivação, mentalidade, maturidade e consciência pode ser uma experiência benéfica e muito gratificante.

Veja também!

cirurgia plastica