Mitos e verdades sobre a mamoplastia redutora

21 de fevereiro de 2018 as 18:56

mamoplastia-redutoraConquistar o volume desejado dos seios, minimizar o peso, diminuir o tamanho e encontrar a harmonia estética, são alguns dos fatores indicativos da realização da mamoplastia redutora.

 

Embora a cirurgia plástica de mamoplastia redutora seja um procedimento consolidado e cada vez mais frequente, há muitas dúvidas sobre o que de fato é real ou mito, quando se aborda o tema.

 

Pensando nisso, elencamos a seguir, alguns dos principais mitos e verdades acerca da mamoplastia redutora, acompanhe e tire suas dúvidas.

 

Problemas psicológicos podem surgir em pacientes com mamas muito grandes – VERDADE

Além da questão postural, comprometida pelo excesso de peso das mamas, também é possível que pacientes cujo volume, tamanho e peso dos seios seja muito maior do que sua estrutura corporal suporte, apresentem problemas de origem psicológica.

Mamoplastia redutora só pode ser realizada por mulheres de seios grandes- MITO

Indicado para minimizar o tamanho e volume extenso dos seios, mulheres cujas mamas apresentam flacidez e seios caídos também podem ser aconselhadas a realizar o procedimento.

Reduzir as mamas promove flacidez- MITO

Na verdade, não é o fato de realizar a cirurgia plástica de mamoplastia redutora que por ventura possa causar a flacidez nos seios.

 

O que pode ocorrer é, no caso de a paciente não seguir as orientações do médico cirurgião, deixar de lado o uso do sutiã de suporte, não respeitar os cuidados pós-operatório, bem como não se atentar as questões de peso, ter como resultado a flacidez.

 

Veja também!