Mastopexia: a cirurgia que eleva os seios

20 de dezembro de 2019 as 18:34

MastopexiaO passar dos anos, a amamentação, a menopausa, a exposição solar, o tabagismo e as oscilações de peso são fatores que contribuem para a flacidez do peito, a atrofia da glândula mamária e a perda de firmeza dos tecidos cutâneos.

 

A primeira coisa que vem à cabeça para dar um “up” nos seios é a colocação de uma prótese de silicone.

 

Mas, você sabia que é possível levantar as mamas com uma cirurgia mais simples?

 

Trata-se da mastopexia, uma intervenção estética que promete melhorar o aspecto dos seios e dar uma nova vida a mulher. Vem comigo saber um pouco mais dessa maravilhosa cirurgia.

O que é Mastopexia?

A Mastopexia e uma cirurgia indicada quando o seio cai, é muito largo ou tem uma forma que você deseja mudar.

 

Anteriormente, em quase todas as mastopexias, era necessário adicionar um implante mamário para melhorar o formato da mama resultante.

 

Com as técnicas mais modernas, isso não é mais necessário. Você pode obter seios com boas projeções e formas muito redondas sem adicionar próteses.

 

Mesmo assim, há pacientes que se aproveitam da cirurgia de reconstrução do tórax caído para aumentar seu tamanho.

Como é feito o procedimento?

Vale lembrar que, a mastopexia, assim como qualquer outro tipo de procedimento cirúrgico, deve ser sempre realizado em um hospital, pois, há uma estrutura adequada para cirurgias e uma UTI caso aconteça uma emergência.

 

A intervenção dura aproximadamente 1 a 3 horas. Normalmente, a mastopexia é bilateral, ou seja, é realizada em ambas as mamas.

 

Em geral, a mastopexia envolve fazer uma série de incisões na mama, exatamente na área onde está o excesso de pele.

 

Uma vez removido, o cirurgião retorna o mamilo e a aréola à sua nova posição mais alta e passa a suturar as feridas.

 

Normalmente, os pontos estão localizados ao redor da aréola, formando uma linha vertical descendente na direção da base do tórax e outra linha horizontal que percorre o sulco dos seios.

 

De uma maneira mais visual, pode-se dizer que a cicatriz representa um ‘T’ invertido.

 

No entanto, a aparência da cicatriz não será a mesma em todos os casos, porque quando a mama é pequena e a incisão é baixa, o procedimento é feito apenas ao redor da aréola.

 

Após a cirurgia de elevação do peito, uma bandagem de compressão será colocada e um sutiã especial será recomendado por um tempo.

Vantagens da mastopexia

Essa intervenção é feita para devolver aos seios a firmeza que está perdendo naturalmente ao longo dos anos ou devido a outras circunstâncias pessoais, como gravidez, amamentação ou perda de peso. Tudo isso faz com que os seios percam elasticidade e caiam.

 

Além disso, durante esta intervenção cirúrgica, a aparência do mamilo também pode ser melhorada, reduzindo-a caso seja muito grande, para que o resultado estético seja mais perfeito.

Cuidados após mastopexia

Após a mastopexia, para evitar riscos e contribuir para uma boa recuperação, você deverá seguir as recomendações do seu cirurgião plástico. Por exemplo:

 

  • Você não poderá levantar objetos acima da cabeça pelas próximas 2 ou 3 semanas.
  • Você também terá os seios mais sensíveis durante esse período; portanto, o contato físico excessivo não será aconselhável até que passem 3 a 4 semanas.
  • A aparência das cicatrizes é mais úmida e rosada no início, mas elas melhoram após 6 semanas.

 

As cicatrizes da mastopexia não serão vistas a olho nu e, mas, se ficar aparente, podem ser escondidas sob o sutiã ou o biquíni.

 

Com o tempo, a pele se recuperará e a cicatriz ficará praticamente invisível. O processo de cicatrização pode ser afetado em pacientes fumantes, uma vez que o tabaco impede a correta regeneração dos tecidos.

Conselho pré-operatório

Antes da sua cirurgia, o especialista passará as indicações necessárias sobre como se preparar para a mastopexia.

 

Essas dicas estão relacionadas, por exemplo, aos alimentos e líquidos que você pode tomar ou à conveniência de suprimir qualquer tratamento médico.

 

Da mesma forma, se você for fumante, é fundamental informar ao seu cirurgião para que ele indique o tempo mínimo que você tenha que deixar esse hábito.

 

Também será necessário comentar o número de gestações e se, no futuro, você deseja se tornar mãe novamente.

 

Bom, já falamos em outros artigos, mas vale a pena reforçar. Para fugir dos riscos que envolvem qualquer procedimento cirúrgico você precisa escolher uma boa clínica de Cirurgia Plástica.

 

Além da segurança, a clínica proporciona um resultado com qualidade superior. Isto porque os especialistas, além da experiência, possuem a certificação pela SBCP.

 

E aí, o que você está esperando para conhecer a nossa clínica pessoalmente? Ligue agora para o telefone (31) 3291-0108 e marque sua avaliação com o nosso cirurgião plástico certificado. Estamos te esperando!

 

Artigo relacionado:

Mastopexia: entenda sobre este procedimento que melhora a autoestima da mulher

Veja também!

cirurgia plastica