Implante de silicone na mama

17 de setembro de 2018 as 16:32

implantes-de-siliconeDecidir ir adiante com o implante de silicone na mama é uma grande decisão – e é apenas a primeira que você tem que fazer nesta jornada!

 

Encontrar os implantes certos é uma escolha muito pessoal, por isso, precisa ser escolhido com cautela e muitas pesquisas para evitar frustração, afinal, são vários tipos, tamanhos e valores para combinar com cada desejo e corpo.

 

Este artigo terá algumas informações que pode te auxiliar na hora de colocar um implante de silicone na mama. Continue a leitura!

 

Escolhendo o tamanho do seu implante mamário

 

Uma parte fundamental da sua consulta é encontrar o tamanho do implante de silicone que lhe dará a aparência desejada.

 

Os implantes mamários vêm em quase todos os tamanhos imagináveis. Para determinar o tamanho adequado, você precisa identificar e analisar três fatores principais:

  • os resultados que você deseja alcançar;
  • a colocação adequada do implante mamário;
  • seu tipo de corpo, tamanho da mama e formato da mama.

 

Com a orientação do seu cirurgião você poderá encontrar os implantes certos para o seu novo visual.

 

O implante de silicone também ajuda a levantar os seios?

 

As próteses de mama tem a capacidade de levantar mamas caídas. Entretanto quando a queda é considerável, somente a inclusão de implantes pode não ser o suficiente para reposicionar as mamas de forma adequada.

 

Nestes casos, é necessário associar a colocação dos implantes de silicone a uma técnica de suspensão mamária que retira excesso de pele e glândula.

 

A cirurgia deixa cicatrizes?
As cicatrizes são inevitáveis, mas costumam ser pequenas e ficar escondidas. O corte para colocação da prótese pode ser feito sob a mama (no sulco entre o seio e o tórax), ao redor da aréola ou na axila.

Normalmente, para uma prótese de 260 ml, a cicatriz costuma medir cerca de 4 cm.

 

Quando aparecem os resultados definitivos?
Após a cirurgia de implante de silicone na mama, há um inchaço que leva cerca de dois meses para desaparecer. O formato definitivo do seio só aparece em torno de seis meses após a cirurgia.

 

Quais sinais podem indicar problemas?
A paciente deve procurar o seu cirurgião quando observa perda de resultados estéticos, como assimetria das mamas, quando uma fica mais dura ou mais alta ou quando há sinais de nódulos ou caroços e dores.

 

Como é o pós-operatório?
O paciente sente mais dor nas primeiras 48 horas. Um dreno é colocado para evitar acúmulo de secreções e retirado em um ou dois dias.

Em quatro ou cinco dias, é possível voltar ao trabalho, desde que ele não exija muito esforço físico. Os exercícios podem ser retomados após 60 dias.

 

Conclusão

 

É normal buscar saber qual a melhor prótese de silicone na mama, afinal o intuito é alcançar as medidas que você sempre sonhou.

 

Mas também é importante seguir a avaliação médica para não ter problemas futuros e nem se sentir insatisfeita com o resultado.

 

Os médicos especialistas sabem exatamente o que você procura e o que você precisa fazer para se sentir bonita sem perder a sua saúde.

 

Procure um bom especialista e que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

 

 

Essa escolha por si só garante boa parte do sucesso do seu procedimento.

 

Se você ainda tem dúvidas sobre implante de silicone na mama, fique à vontade e fale com um dos nossos profissionais através do telefone (31) 3291-0108.

Veja também!