Ginecomastia: quando devo considerar a cirurgia?

16 de outubro de 2019 as 22:06

ginecomastiaEm maior ou menor grau, a ginecomastia é um problema que afeta mais de 40% dos homens.

 

É uma patologia comum que não representa risco à saúde, mas afeta muito a aparência do tórax masculino.

 

A operação de ginecomastia é a cirurgia plástica mais procurada para homens. Se você estiver procurando informações sobre esta intervenção, continue lendo o nosso artigo de hoje.

O que causa o desenvolvimento dos seios masculinos?

Existem várias causas potenciais de ginecomastia, incluindo os efeitos dos hormônios masculinos ou o efeito de medicamentos hormonais.

 

Em alguns casos, isso é causado pela genética. Em outros, está ligado a medicamentos prescritos, esteroides (frequentemente usados ​​por fisiculturistas ou atletas) ou ingestão excessiva de álcool.

 

Porém, a causa mais comum de plenitude da mama masculina é o acúmulo de tecido adiposo na área.

Mas, será que preciso mesmo fazer ginecomastia?

Bom, isso depende muito da forma em que você sente com as suas mamas. Se você não se incomodar, então não existe a necessidade de passar pelo procedimento.

 

Porém, caso isso tenha algum tipo de implicação quanto à sua estética e autoestima, então, o mais recomendado é procurar um bom cirurgião, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica para que haja uma avaliação profissional do seu caso.

 

Quais são os prós e contras desta cirurgia?

prós-e-contras-ginecomastia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estes são os três principais prós e contras a considerar quando decide pelo tratamento de ginecomastia.

 

Se você deseja se concentrar no que é único para você, consulte seu cirurgião plástico.

Lembre-se: toda cirurgia tem risco!

Quando a cirurgia de redução de mama masculina é realizada por um cirurgião plástico qualificado, as complicações são raras e geralmente menores.

 

No entanto, como em qualquer cirurgia, existem riscos. Isso inclui:

 

  • Infecção;
  • lesões na pele;
  • sangramento excessivo;
  • reação adversa à anestesia e;
  • perda ou acúmulo excessivo de líquidos.

 

O procedimento também pode resultar em cicatrizes visíveis, alterações permanentes de pigmento na área mamária ou mamilos levemente incompatíveis.

 

Se a assimetria for significativa, um segundo procedimento pode ser realizado para remover tecido adicional.

 

Os efeitos temporários da redução mamária incluem perda da sensação mamária ou dormência, que pode durar até um ano.

Recuperação de Ginecomastia

O tempo inicial de recuperação da redução dos seios masculinos leva em média 2 semanas.

 

Durante esse período, os pacientes precisam relaxar e devem evitar atividades extenuantes para facilitar a recuperação e prevenir complicações.

 

Durante as primeiras semanas, um colete de compressão será usado para ajudar a pele a se retrair e impedir o acúmulo de líquidos.

 

Inchaço substancial e alguns hematomas são esperados durante esse período, e qualquer dor pode ser controlada com medicamentos prescritos pelo seu cirurgião plástico.

 

Após as primeiras semanas, os pacientes podem começar a retomar algumas atividades normais, como voltar ao trabalho e exercícios leves, embora cada cirurgião dê instruções de acordo com cada paciente.

Resultados da cirurgia

A maioria dos pacientes encontra-se feliz com os resultados da cirurgia. Os resultados geralmente são satisfatórios, mas o aspecto final dependerá de vários fatores.

 

É muito importante seguir as recomendações do especialista para garantir o sucesso do tratamento e uma rápida recuperação.

 

Também é conveniente fazer revisões durante o primeiro ano após a operação da ginecomastia para controlar a recuperação. Os resultados são significativos e permanentes.

E por último, quais são os efeitos colaterais da cirurgia de ginecomastia?

Os dois principais efeitos colaterais após a cirurgia de ginecomastia são:

 

  • desconforto após a intervenção;
  • inflamação na área que desaparecerá dentro de algumas semanas;
  • presença de cicatrizes que variam — dependendo da técnica utilizada.

 

A dor pode ser controlada com analgésicos simples, embora ocasionalmente a cirurgia estética possa exigir outros tratamentos para garantir a recuperação.

 

Lembre-se, cada caso é único, portanto, o resultado final nem sempre é o mesmo para todos.

 

Caso você queira saber mais sobre ginecomastia, basta procurar a clínica Lúcio Gama. Ele pode te ajudar a esclarecer todas as suas dúvidas. Ligue no número (31) 3291-0108 ou marque sua consulta aqui!

 

E continue atento, em breve teremos mais um texto sobre ginecomastia no nosso blog.

 

Artigo relacionado:

Homens que sofrem com a ginecomastia

Veja também!