Cicatriz depois da abdominoplastia: saiba mais!

11 de março de 2020 as 17:08

cicatriz depois da abdominoplastiaA cicatrização é uma preocupação comum e compreensível entre as pessoas que pretendem submeter a uma abdominoplastia.

 

Muitas pessoas não sabem o que esperar, ou temem que possam ficar com uma cicatriz muito longa e perceptível após o procedimento.

 

A verdade é que as cicatrizes são uma parte inevitável da cirurgia. No entanto, com os devidos cuidados, as cicatrizes depois da abdominoplastia podem ser visivelmente reduzidas, de forma que elas fiquem quase imperceptíveis.

 

Ficou curioso? Então, continue a leitura de hoje!

Procedimento diferente, cicatriz diferente?

O tipo de cicatriz após a abdominoplastia dependerá do tipo de procedimento que você vai realizar.

 

Isso ocorre porque, diferentes técnicas de abdominoplastia envolvem incisões diferentes, portanto, produzem cicatrizes diferentes. Vamos aos exemplos:

 

Abdominoplastia completa

Uma abdominoplastia completa envolve uma longa cicatriz que se estende de quadril à (quadril), além, de uma cicatriz ao redor do umbigo.

 

Miniabdominoplastia

Muitas pessoas têm a falsa impressão de que uma miniabdominoplastia envolve uma pequena incisão, mas, nem sempre esse é o caso.

 

A quantidade de pele removida determinará o tamanho da cicatriz, e a única diferença é a ausência de uma cicatriz umbilical com a dobra da “mini barriga”.

 

Esse procedimento não produz uma cicatriz ao redor do umbigo.

 

Abdominoplastia em âncora

É um procedimento tradicional de abdominoplastia, no qual, é necessário fazer uma incisão em forma de T, ou seja, uma incisão vertical e horizontal no centro do abdômen.

 

Essa técnica é recomendada em pessoas que tiveram uma perda significativa de peso, como aqueles que foram submetidos a cirurgia bariátrica.

 

Leia mais sobre cirurgia plástica para ex obeso aqui: http://www.luciogama.com.br/blog/cresce-o-numero-de-cirurgias-plasticas-para-ex-obesos/.

Cronologia da recuperação: o que esperar

É difícil generalizar sobre as cicatrizes, porque fatores individuais podem afetar a forma como as cicatrizes se formam e a rapidez com que elas desaparecem, incluindo: idade, genética, tabagismo, infecção, tensão na ferida, tamanho e profundidade além, da saúde geral do paciente.

Evolução das cicatrizes depois da abdominoplastia

Aqui está uma descrição detalhada sobre a evolução das cicatrizes depois da abdominoplastia:

 

Primeira etapa — Encerramento

Sempre que a pele se rompe, como nas incisões feitas durante a abdominoplastia, o corpo cria fibra de colágeno para preenchê-la e fechá-la. Isso pode levar entre três a quatro semanas.

 

Segunda etapa — Estabelecimento

O colágeno se acumula continuamente no local da ferida, protegendo e fortalecendo a área afetada.

 

Para apoiar sua formação, o suprimento de sangue para a área aumenta.

 

Nessa etapa, a cicatriz fica mais escura, mais grossa e proeminente. Esse processo dura entre três a seis meses.

 

A fase final — Maturidade

Depois que o colágeno se forma no local da ferida, parte dela se decompõe e o suprimento sanguíneo diminui.

 

A cicatriz fica mais clara, fina, menos palpável e visível. Esse processo pode durar entre um e dois anos.

Minimize as cicatrizes e acelere a cicatrização

Existem algumas etapas que você e seu cirurgião plástico pode fazer para reduzir e acelerar o processo de cicatrização depois da abdominoplastia. Confira abaixo:

 

  • siga as instruções de cuidados do seu cirurgião;
  • monitore a incisão quanto à infecção;
  • mantenha sua pele bem hidratada;
  • não bronzear suas cicatrizes;
  • evite produtos e roupas irritantes — qualquer irritação em uma cicatriz pode piorar bastante.

 

Por fim, as cicatrizes depois da abdominoplastia podem curar mais rapidamente com uma dieta e estilo de vida saudável.

Agende uma consulta

Para saber mais sobre cirurgia e cicatriz depois da abdominoplastia, agende uma consulta com o nosso cirurgião plástico experiente e certificado. Ligue agora mesmo para a nossa clínica — (31) 3291-0108 — ou marque sua consulta aqui!

 

Gostou deste artigo? Então compartilhe em sua rede social.

 

Esse artigo também pode interessar você: a importância da drenagem linfática no pós-operatório.

Veja também!

cirurgia plastica